Dia do Bicicleteiro

Hoje é Dia do Bicicleteiro e claro que não pude deixar de pedalar e registrar outros para o BH Cycle Chic. O look foi simples para um dia bem atarefado e tive que sair com um item básico e ultimamente indispensável a maioria dos homens: mochila preta. Como levei muitas coisas precisei de uma.

IMG_1194-0.JPG
Aproveite e fui (de bici claro) conferir a relíquia na Bike Bros: uma Monareta Brasil de Ouro 1973. Lindíssima.

IMG_1201.JPG

Vermelho e shopping Oi

Semana passada deixei a caretice de lado e vesti a calça vermelha. É incrível como no geral ficam olhando de solaio. Eu me divirto.

IMG_0999.JPG

As pessoas te julgam pelo que você veste. Isso é fato. A roupa é um código poderoso e também facilmente assimilável e subvertido. Enquanto me dirigia a Casa do Jornalista, precisei ir ao Shopping Oi comprar mini lanternas para uma das mil gambiarras minhas. A região está lotada de roupas de “grifes” masculinas. Acho interessante que nesse mundo da moda onde roupas e marcas promovem um estilo, aparentemente inalcançaveis, para a maioria da pessoas, sejam logo subvertidas pela ação das falsificações.

IMG_1001.JPG
Chega a ser engraçado por quê enquanto a “elite” local usa roupas e marcas bem visíveis para demarcar território e se destacar, no centrão de BH, as mesmas “grifes” desfilam em todas a direções.

Agosto

O final de semana foi ótimo, apesar de não ter curtido com meu pai pois estamos longe um do outro. Só fisicamente!. Meu pai é meu guia. Para compensar a chateação fui ver a mostra “Divina Comédia” do Salvador Dalí. Gravuras impressionantes. Recomendo pois a exposição só vai até o dia 16 de agosto.

IMG_0885.JPG

Sempre que chega agosto a qualidade do ar piora bastante em BH. O clima seco e o calor (que ainda bem não começou), deixa muita gente mal. Aprendi há alguns anos a usar um umidificador de ar. Foi a minha salvação. Fora isso Agosto é um mês bonito e que antecede o mês que mais gosto; setembro, o que nasci. Hoje vim assim; blazer azul, camisa de algodão, calça de brim e um sacrf. Quase tudo de brechó até a Lupita!.

IMG_0900.JPG

IMG_0925.JPG

IMG_0955.JPGHoje tive que deixar Lupita no improviso da Câmara Municipal de Belo Horizonte. Enquanto as motos e os carros ficam a sombra, às bicicletas são destinadas pedras e cascalhos.  Um bicicletário decente não é caro e há espaço de sobra para implantá-lo. 
IMG_0957.JPG

E hoje ainda dei sorte. Pois só tinha duas bicicletas. Quando surge mais uma. A depender do lugar, não consigo espaço para prender. 

IMG_0958.JPG