Percebendo a cidade

Domingo o centro de BH se transforma. Muitos turistas vem para a Feira Hippie. Nesse final de semana a cidade recebeu também muitos turistas. As pessoas andam bastante pelo centro porém continuam não enxergando o que há pelas ruas. Durante a semana a correria é tamanha que a maioria  nem percebem o que há na cidade. Mesmo no domingo a preocupação em chegar ao destino “cega” muitos.  

Na Bahia parei diante do meu samba predileto. As pessoas olhavam se perguntando: Porque estão tirando foto dele ali? 

   
  

BH tem esculturas lindas e praticamente ignoradas pelos passantes. Esta é uma delas. Se chama “Espaço Circular em cubo de metal” do austríaco naturalizado brasileiro Frans Weissman na Praça Afonso Arinos. A estrutura de ferro é maciça e discreta e foi criada pelo artista entre 1958 e 1978. Adoro tocar e sentir a textura do aço. 

 

Há coisas que doem observar na cidade. As magníficas Fícus da Avenida Bernando Monteiro foram podadas por causa de uma praga das moscas brancas que estão matando-as. Apesar do sorriso na foto fiquei triste em vê-las assim cortadas. 

 É assim com essa caminhada terminei o domingo pronto para mais uma semana de observações pela cidade.   
 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s