Rota de fuga

As vezes quando saio em direção a algum lugar pedalando sinto que estou fazendo uma rota de fuga da cidade. A crise está ai mas as pessoas se matam pelas mesmas coisas insignificantes de sempre. Pedalando me sinto livre dessas convenções e se estou no caminho errado, sigo outra rota. “Que seja livre o que chegar, que seja doce o que ficar e que seja breve o que tiver que ir”. Otimo final de semana a todos. 

   
    
   

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s