Minha fixa minha vida 

Em 2014 uma empresa,  apoiada por um programa federal, começou a realizar passeios ciclisticos por varias capitais brasileiras oferecendo um kit; uma bicicleta barata e um roteiro. O primeiro modelo do evento Night Rider’s foi criticado por alguns. Era uma dobravel. Apesar das criticas há quem use-a de boa até hoje. No ano seguinte lançaram um kit com uma bicicleta fixa. A “fixa da Caixa”, como foi apelidada em grupos que curtem esse tipo de bike, custa atualmente, em uma promoção no site ativos.com,  R$250. Muitas criticas surgiram de novo. Resolvi pegar uma para ter uma bicicleta barata e não me preocupar com roubo. As bicicletas fixas atraem legiões de fans. É uma bicicleta minimalista que carrega a essencia das primeiras bikes inventadas. Seis meses depois a minha bicicleta continua intacta. 

Fiquei refletindo sobre as criticas. Os relatos de quebra e de menosprezo a bicicleta soaram bem mais que os positivos. Quem entende de marketing sabe como esses relatos negativos encontram mais ressonacia do que elogios. A bicicleta realmente vem com peças mais baratas mas o que esperar se ela custa menos de R$ 500 enquanto muitas bicicletas desse modelo nao saem por menos de mil? “É tudo preciosismos, vaidade e ego” me disse um amigo. Há aquela maxima também repetida aos quatro cantos; “o barato sai caro”. Nem sempre cara pálida. Há exceções sempre. A fixa da Caixa é uma delas. E o resultado já vejo nas ruas. Muita gente comprando e curtindo. Eu sou um deles. Me sinto pioneiro pois tenho a minha há mais de seis meses. Batizei de Frida. Eu acredito que há muita coisa boa nesse mundo que pode sair de graça e/ou barata. Afinal que veiculo custa neste país menos que um salário minimo? Gosto do termo “Minha Bike Minha Vida”. A realidade continua frustrando a expectativa dos hater’s. Chora boy.  

   
    
    
 

Anúncios

Um comentário sobre “Minha fixa minha vida 

  1. Leandro disse:

    Uso a minha há três meses, já troquei algumas coisas, inclusive os pneus. Mas olha só: somando tudo que gastei deve dar, no máximo, R$ 600 contando com os trezentos que paguei na bicicleta.
    E ela roda bastante, todo dia. Se for gastar a bike, vai ser pedalando.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s