Tênis Centenário e Democrático

Há alguns dias o Jornal da Pampulha trouxe uma matéria muito legal feita pela colega jornalista Lorena Martins sobre o centenário do All Star. Eu não sabia que o meu tênis preferido para pedalar era assim tão vintage! Sempre posto aqui no blog como acho o All Star o melhor tênis para andar em minhas magrelas. Inclusive tenho vários.  Segundo a reportagem esse modelo que adoramos atualmente e combina com vários estilos foi criado em 1917 para o jogador  Chuck Taylor.

Peguei meu  Chuck Taylor branco novinho em comemoração ao centenário do All Star.  

Uma das coisas que mais adoro no tênis que que não há distinção de gênero na maioria dos modelos clássicos. Você pode usar como e de que cor quiser. Não é atoa que foi abraçado por tantos artistas e libertários. Até hoje tenho o que usava no tempo da faculdade.

Por ser tão diverso e combinar com praticamente todos os estilos nenhum sapatênis jamais chegará a paixão que o All Star desperta. Aqui um pouco da sua variedade em muitos looks.

Anúncios

A Cor do Ano

Você já parou para se perguntar quem decide a cor do ano quando ouve falar que ela foi escolhida? A de 2017, que foi divulgada em dezembro, é  Greenery, uma mistura de Verde Musgo com Amarelo. Quem escolheu o tom é a Pantone, uma empresa norte-americana  famosa pela “Escala de Cores Pantone” (“Pantone Matching System” ou PMS), sistema de cor utilizada nas indústrias gráficas, têxtil, tintas e plásticos.

Mas voltando ao Greenery a empresa justificou assim – “Verde é a cor da Esperança, é a nossa ligação com a Natureza, o verde regenera, refresca, revitaliza e renova. O Greenery exalta os primeiros dias da Primavera, onde o Verde da Natureza revive…”. 

Esperança é o que estamos precisando nesse mundo. O cenário não é nada animador mas hoje acordei esperançoso. Não vou sair por aí comprando peças greenery. Ganhei um blazer verde (By brechó) e resolvi usar. Além da cor faço minha parte pois não basta apenas esperar. Há sempre uma parte que depende da gente. 

Verde não é uma cor bicho de sete cabeças. Fica bem com branco, bege, azul marinho e muitas outras! Aqui algumas dicas para você usar aquela peça verde que tá encostada no closet. 

Linho nobre

Hoje resolvi usar uma nova (antiga..rs) calça de linho que encontrei em dezembro no meu brechó predileto. Tenho observado que o tecido está presente ultimamente até nas cadeias de loja fast fashion mas o preços não são nada amigáveis. A sensação de usar é o linho é tão boa que gostaria de ter mais peças dessa fibra. O linho é um dos tecidos mais antigos da humanidade. Já era utilizado 2500 anos a.C. Da planta que se fornece o linho muito se aproveita.

A linhaça é a semente do linho e dela se extrai o óleo de linhaça, usado na indústria cosmética, em farmácias, pintura a óleo e etc. Enfim, o linho é um tecido nobre que caiu em desuso justamente nos países quentes. Quero mais linho. A calça de linho com a camisa 100% algodão são puro conforto e estilo. Como já declarei aqui muitas vezes, minha noção de conforto engloba tecidos e fibras 100% pois além de tudo são mais duráveis.  Ótima semana!

 

O linho combina muito bem com o algodão. O amarrotado do tecido dá um toque despojado e elegante que fica bem em muitas ocasiões. Abaixo algumas ideias do linho em vários looks.