Verniz de Classe 

Hoje presenciei uma cena que me fez pensar como a grosseria está cada vez mais no quotidiano. Não importam as joias caras e marcas, títulos ou até a ausência de qualquer dessas coisas para dizer que não liga para “etiquetas” quando se perde a principal “etiqueta” que todos deveriam se impor; faça aos outros o que deseja que te façam. Sua posição social, nada te dá o direito de humilhar os outros. Os arrogantes que destratam os outros são “sem educação, sem finesse, sem elegância”, e na minha opinião  fazem parte da classe mais baixa que há no mundo.

Pensando nisso caminhei depois de uma visita ao hospital e também refletindo sobre a fragilidade da vida.

Fotos; W. Odilon

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s