Terça ventania 

Hoje ventou bastante pela manhã então já imaginei como seria na estação de metrô na volta. Blazer de veludo e um sueter foram o suficiente para enfrentar o frio. Lembrei de uma frase da Clarisce Lispector – “Sou como você me vê. Posso ser leve como a brisa ou forte como uma ventania. Depende de quando e como você me vê passar”.
Fotos Jocasta.

Anúncios

Ame 

Esta semana começou dificil para muitos amigos. Alguns terminaram amores, outros estão lutando pela vida. Há também aqueles que perderam parentes, saúde e emprego. Sem falar no cenário de incertezas politico-economica que o Brasil passa. Me lembrei de uma frase que vi rabiscada num muro; “Ame antes que tudo termine”. 

  

Estilo Bonner

Hoje acordei atrasado mas cheguei na estação não havia metrô nem horas..rs..rs. Brincadeira. Mas a questão é: it´s friday bitches! Não se prenda a horas nem convenções.

Uma dessas convenções e que ainda tenho certa dificuldade, é com o blazer e bermuda. O blazer faz parte do meu estilo. Hoje resolvi me inspirar no William Bonner que já admitiu ter apresentado o JN de bermudas (embora ninguém tenha essa imagem). Mesmo com um pouco de frio em BH é possivel adotar a bermuda no look outono/inverno.

IMG_9976

Uma ano na construção de um estilo e já verifiquei que preciso usar mais blazer e bermudas pois eles apareceram pouco nos outfits.

eus

As ocasiões para usar essa combinação podem variar bastante. Já vi  em casamentos, de dia, em regiões praianas. Em NY é comum no dress code da sexta, mesmo em wall street vi executivos de blazer e bermuda.  A única regra acho que é verificar se os locais que você vai não possuem algum tipo de restrição. Mas arrisco a dizer que se bem montado no look o blazer pode quebrar essas regras pois confere um tom elegante a um visual informal. E a elegância sempre é bem vinda em qualquer espaço!

Não vou ficar aqui ditando outras regras de cumprimento e etc. Use o bom senso e se quiser mais facilidade, pesquise, encontre modelos com o seu biotipo físico e veja as combinações e tente reproduzí-las, claro imprimindo seu estilo nela. Aqui seguem alguns looks que gostei. Alguns mais ousados, outros comportados mas certamente todos revelam a atitude de quem usa. Ouse ousar.

1447095_look bermuda1 bermuda-e-blazer c55af61e16a70ab39ee2dc272e35e1e0 cda83289b691368dc7cb3a24ea30830a como-usar-bermuda-com-blazer d270d8c166e3a387d6e3f6c4bbda7d89 FLORENTINO4 paletc3b3-6 tumblr_inline_nfckf7oMwO1qa50bo

Cotoveleiras para acertar o “alvo”

Blazers com cotoveleiras (inglês é elbow patch) já fazem parte do guarda-roupa dos descolados de plantão. Essa “intervenção” ficou famosa na Inglaterra na década de 1920 nas roupas de estudantes para reforçar essa parte dos paletós.

A origem das cotoveleiras no figurino masculino entretanto não foi registrada mas segundo o que li em alguns sites gringos, as cotoveleiras surgiram primeiro na indumentária militar,  principalmente na tropa de elite (os atiradores) que precisam usar bastante os cotovelos para firmar e apoiar as armar e acertar os “alvos”. 

Quando as cotoveleiras se popularizaram ajudaram muita gente que não podia encomendar roupas com frequência. Então o reforço virou  remendo cool para esconder o desgaste das peças. 

O tempo passou e as cotoveleiras foram esquecidas e tidas como “bregas” por muitos. Porém elas voltaram e hoje quem possui um blazer com cotoveleiras também “acerta” o “alvo” da elegância. 

Atenta a essa tendência várias marcas lançaram modelos com cotoveleiras (caríssimos por sinal). Mas se você não quer gastar uma grana para usar uma peça descolada, que tal customizar aquele blazer que você acha sem graça? Foi o que fiz. Costurei cotoveleiras de couro no meu blazer. Adorei o resultado. 

   
   

   
    

 

As cotoveleiras podem ser aplicadas em vários tipos de blazer e o material delas variam entre tecido e couro. 

        

  

  

Blazer e camiseta

Eu sempre digo que o blazer é uma peça indispensável para o homem contemporâneo . Ele pode tornar o visual esportivo em um look descolado e moderno. 
O segredo é usar blazer bem cortados que seja para seu tipo físico e escolher as combinações amigaveis. O resultado é o elogio de quem te interessa #ficadica. ;). 

   

Esta foto do metrô agradeço Samara Santo, que gentilmente fez o registro. Obrigado Samara!

   

Para inspirar 

   
     

A moda é o tempo

Nessa época muita gente fica gripado e um dos principais motivos a exposição ao frio. Vejo pessoas tremendo de frio na estação do metrô. Algumas delas passam o dia todo sentindo frio! DICA DE OURO: As roupas precisam estar adequadas a temperatura que enfrentaremos na nossa jornada diária. Eu não dispenso acessórios como o scarf por exemplo.

 Hoje além dessa peça tirei do armário meu blazer de tweed. Quem anda por BH sabe que essa época fria há dias com bastante vento! O jeans é uma peça que passo a usar nessa época. O scarf pode ser retirado se sentir calor ao andar e por ser uma peça de pouco volume pode ir a qualquer bolsa, mochila ou pasta. Homens também podem levar um suéter se não quiser usar blazer. Se sentir calor basta tirar a peça e leva-la à mão. Tudo fica mais confortavel quando saímos preparados. 

   

    

Meias coloridas para tornar o look divertido e fazer chacota com sites e blogs que afirma que as meias precisam combinar com os sapatos, rs.

 

Bata e Blazer 

Hoje experimentei usar uma bata com blazer. A bata é uma peça bem despojada e com cara de sexta. Com a modelagem solta e leve pode passar um ar sofisticado e estiloso, apesar da sua simplicidade. Esse estilo de camisa nasceu no oriente e na década de  70 e se tornou o símbolo de toda uma geração libertária. O tempo passou e a bata já não é mais associada ao estereótipo hippie e agora faz parte do guarda-roupas de homens de gostos e estilos variados. Achei que ela ficou  discreta no Look.

Ainda farei um editorial mais exclusivo para a bata. Mas aqui segue alguns exemplos.

branco-bata-aramis-560x373 look281

012